Como escolher um bom Advogado para seu negócio!

No mundo dos negócios, em meio a tantas responsabilidades e compromissos, nem sempre as coisas acontecem da forma como esperamos.

Problemas podem ocorrer com clientes, fornecedores e até mesmo com o Governo – não podemos esquecer da grande burocracia e complexidade tributária que temos – e um suporte profissional como um Advogado muitas vezes é necessário.

Um Advogado é o profissional que poderá dar todas as orientações para que diversos aspectos do negócio não corram riscos por imperícia ou desconhecimento.

  • Regularização e abertura da empresa
  • Análise e assessoria em contratos de fornecimento, como cliente e como fornecedor
  • Consultoria sobre direitos e obrigações do consumidor e da empresa como contribuinte
  • Representação em litígios e processos

Como podemos ver, um Advogado pode ser fundamental tanto na defesa de interesses quanto na prevenção de situações, que podem gerar grandes prejuízos financeiros e de imagem.

Você sabe como escolher um bom Advogado para seu negócio? Vamos falar de algumas atitudes que podem ajudar.

1 – Contratar um Advogado: pesquise bastante antes de decidir

Um advogado é um profissional que contratamos a longo prazo, para diversas fases do negócio ou para questões pontuais. Mas é preciso conhecer bem o profissional e uma pesquisa profunda é fundamental.

As recomendações de amigos, parceiros comerciais e até de empresários do seu ramo de negócio são um ótimo ponto de partida. Pergunte se ele é/era responsável com prazos, organizado, disponível para reuniões e se teve alguma causa e como ele agiu, independente de ter ganho ou não.

Outra pesquisa importante é sobre o registro dele na OAB, se ele não tem representação do órgão contra ele, se tem algum processo na Justiça em que é réu ou condenado – e qual a natureza – e se ele está inadimplente e/ou executado judicialmente.

2 – Contratar um Advogado: pesquise também o escritório associado

É comum encontrarmos advogados que trabalham associados a outros em escritórios, para que os custos de cobrança, administrativo e operacionais possam ser divididos.

Neste caso, pesquise também o escritório.

  • A reputação – uma pesquisa idêntica à feita para o advogado
  • O tempo de mercado
  • A logística da empresa – se fica próxima dos tribunais e varas, o nível do escritório, a região onde está instalado
  • Quais as especialidades que o escritório oferece – você pode contratar um advogado especializado em Cível para assessoria do seu negócio, mas eventualmente precisar de um Trabalhista, e se ambos estão no mesmo escritório, isso poderá ajudar bastante na condução e nos contatos.

3 – Contratar um Advogado: entrevista os advogados

Sim, é um processo de seleção e você tem o direito de conhecer melhor cada profissional.

Nas entrevistas você pode obter mais informações do profissional, perceber se ele tem experiência na área onde você precisa de suporte e conhecer o escritório, se for o caso. E deixe claro os seus objetivos e que a entrevista é um momento de conhecimento e não de contratação.

Só não esqueça da máxima: a consulta é paga, seja onde for.

4 – Contratar um Advogado: algumas atitudes são importantes

  • Sempre que possível, evite advogados que sejam parentes, amigos ou parceiros comerciais. O distanciamento pessoal é importante para que você possa questionar e cobrar ações no dia a dia, e isso pode ficar mais difícil com o lado pessoal em evidência.
  • No caso de um processo, procure sempre um advogado especializado, evitando os generalistas. Ter um profissional dedicado a processos similares ao seu dá uma garantia de que ele estará sempre atualizado sobre o que acontece no setor.
  • Prefira um advogado que trabalhe exclusivamente nesta profissão, sem se desdobrar em outras atividades. É uma garantia de que as suas demandas terão peso e prioridade.
  • Não contrate advogados que trabalham de graça ou cobram honorários muito baixos. Assim como no seu negócio, cobrar o preço justo motiva e valoriza.

 

Conheça esse Escritório de Advocacia em Brasília e agende uma conversa.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *